Jim Lee – Marombados Forever

Vamos combinar… se no começo deste blog eu postei algumas coisas do senhor Scott Campbell por que não postar algo do Jim Lee, certo?

Ambos foram grandes famosões dos comics de super-herois dos anos 90. Uma pena que ambos pararam naquela década mesmo… (em termos de evolução, pois continuam a desenhar) mas tudo bem!  Jim Lee foi um dos fundadores da Image Comics e desenhador de praticamente TODOS os super-heróis famosos americanos. Algumas coisas eu ainda admiro muito neste coreano (sim! Ele não é americano… nem japones, como muita gente imaginou!), como o grande dinamismo, as tomadas de camera bacanas e o impacto visual.

Anyway, vejam algumas obras dele abaixo – que para quem curte comics, obviamente, não serão nenhuma novidade.

Vania Zouravliov – do Tudo um Pouco

Vamos de mais um russo este mês. Desta vez nosso convidado é Vania Zouravliov.

Esse malucão tem um traço belíssimo e temas extremamente variados: religião, morte, Japão, indio, escola, folclore de diversos países e, é claro, as tradições russas. Absolutamente TUDO lhe serve de inspiração. E sempre que pode ele dá um pequeno toque pervertido às imagens, mas sempre com uma aura poética.

Apreciem!

Inoue Takehiko – Samurai do Manga

Vamos com novas mudanças para este ano de 2012. Para começar, teremos agora duas atualizações semanais! Agora todo domingo e toda quinta-feira! E nesta primeira quinta do ano teremos um dos grandes bam-bam-bans do mangá: Takehiko Inoue!

Este autor possui pelo menos dois trabalhos bem famosos: Slam Dunk – considerados por muitos como a MELHOR história em quadrinhos sobre basquete jamais feita sobre a face da Terra – e Vagabond – uma série muito bela e poética sobre a vida do mítico samurai Myamoto Musahi, embora às vezes a história fique um pouco chatinha. Mas tudo bem! A arte fodassa deste japa compensa tudo! Só conferir logo abaixo!

Phobs – O Lápis na frente de Batalha

Ano-Novo… vida nova… ideias novas!

Neste ano de 2012 (que muitos julgam ser o último…) teremos que abrir nossas cabeças à machadadas para absorver novos paradigmas, não importa quanta titica seja espalhada no processo. E para começar este ano com algo inusitado: tente misturar o horror da Segunda Guerra Mundial…

…com o traço fofinho das personagens de W.I.T.C.H. da Disney!!!

O resultado foi uma forma muito pessoal de reler os eventos de um dos momentos históricos mais cruciais da humanidade! Chamando a atenção logo de cara, Phobs conseguiu trazer para este período tão sombrio uma leveza típicamente “disnyana”. Olhamos para Heinrich Himler – o mentor do holocausto – e chegamos quase a gostar dele!

Obviamente não é, de maneira alguma, intenção de Phobs fazer apologia ao nazismo, e nem faria sentido pois o seu país foi o mais fustigado pelos motherfuckers nazi durante a segunda guerra. No entanto igualmente não é ideia dele seguir o senso comum dos “nazistas-malvadões-monstros”. Todos os personagens, seja do lado Aliado ou do lado do Eixo, são retratados de maneira cômica, mas levando em conta aspectos reais da história de cada um deles. E isso inclui Stalin, De Gaulle, Imperador Hiroito e outras figurinhas desta época. Dá para aprender muito mais sobre a Segunda Guerra nas tirinhas do Phobs do que numa aula pobre de História num colégio público do Brasil.

Apreciem algumas das obras dele abaixo e o restante aqui ==> http://phobs.deviantart.com/