Laprisamata – Além do Tudo

Hoje vamos falar do artista espanhol Luis Toledo Laprisamata, um dos defensores da chamada “arte visionária” – o estilo que pretende transcender o mundo físico com retratações de uma visão mais ampla da consciência e da experiencia humana.

Foda, né?

Mas mais foda ainda são as pirações do cara. Algumas são criações artísticas pessoais e outros são posteres fodidos para eventos diversos. Só vendo para… alias só ver não é suficiente! Você tem que, literalmente, mergulhar de cabeça nas pranchas do cara! E depois não se esqueçam de conferir um pouco mais de suas pirações no site dele ==> http://laprisamata.es/

John James Audubon – Professor Pardal

Existe um tipo de arte que nós, consumistas de cultura pop, frequentemente esquecemos. A Arte Científica.

Manja desenho de célula, de corpo humano, estas paradas? Pois é. Antigamente os próprios cientistas aprendiam a desenhar e pintar para poder exemplificar para a massa o que era um caule de planta, quantos músculos existe numa perna… coisas assim. Arte boring? Talvez na maioria dos nossos livrinhos de escola idiotas. Mas havia alguns que faziam da arte científica arte verdadeira.

John James Audubon, também conhecido como Jean-Jacques Audubon foi um naturalista francês-americano (resolvi marcá-lo nos dois países) que pertenceu ao grupo dos grandes pintores que estudaram biologia (ou seria o contrárioa?). Fez algumas das mais belas ilustrações de pássaros (sua paixão) já vistas até hoje e suas pranchas originais são avaliadas na casa dos milhares de dólares.

Veja abaixo um pouco da arte deste mano.

João Ruas – Traçando Sonhos

Vamos falar de um brazuca que não só é foda, mas também é onírico e lírico… do jeito que eu gosto!

O senhor João Ruas substituiu James Jean nas capas da hq Fables da Vertigo, mas não é só nisso que o seu trabalhos e baseia: ele possui muitas outras ilustrações foderosas que você verá aqui embaixo – incluindo outras hqs doidas, como 16 Miles to Merricks! Aprecie sonhando!