Tony Wong – Stan Lee de Hong Kong

Vamos repetir a dose das artes do nosso chapa Tony Wong!  É, depois que eu peguei a manha de como fuçar nos sites chineses ficou mais fácil encontrar imagens.

Este post irá contar mais detalhes da trajetória deste tiozinho.

Ele começou sua carreira profissional no início dos anos 70, quando lançou a sua série mais longeva e que continua em publicação até hoje: Little Rascals ou ainda Oriental Heroes. Contava a história de três jovens chineses irados, lutadores de Kung-Fu do barulho, que viviam mil e uma confusões! Nesta época ele ainda estava dominando a arte da ilustração. Como pode ver abaixo:

aa

Nada mal, considerando o nível médio de arte dos quadrinhos dos anos sessenta e setenta. Sobretudo na China, que estava se reorganizando politicamente com toda aquela porra do MAO e tudo mais (repara como esta calça de listas rosa-azul-branca estilo Yellow Submarine entrega bem a época em que isto foi publicado!).

As histórias tinha a temática do Kung Fu, pincelada com alguns dramas dos jovens da época. Uma ótima pedida para uma história em quadrinhos leve e descompromissada…

Epa! Eu falei “leve”? Não.  Oriental Heroes não tinha nada de “leve”…

aaa aaa2 cc ll dd ee ff gg hh jj

Sentiu? Pois é… num país onde estavam executando professores com tiros nos miolos creio que isto não devia pegar tão mal…

Pegava sim! Na China rolava uma lei que proibia “violência extrema” nos quadrinhos, então o sr Wong teve sim alguns problemas com a censura, mas conseguiu contorná-los abrindo a sua própria editora e bolando o seu próprio esquema de distribuição. Nesta época ele até usava um pseudônimo: Jademan Wong. E assim que ele ficou conhecido por muitos anos até conseguir sair do armário.

Sobre a série, ela continua sendo publicada até hoje, mas com um traçado bem diferente. veja a comparação abaixo:

bb bb2

Mal dá para acreditar que é o mesmo cara, né? Pois é, mas o mano teve muitos anos para progredir seu traço, ainda mais desenhando mais de uma centena de páginas por mês como ele desenha até hoje!

Abaixo você verá alguns trampos dele dos anos oitenta, quando ele começou a pegar mais a manha da anatomia.

888

999

9999

Tamanho empenho fez com que ele ficasse hyper conhecido na China e no restante do mundo. Não dá para falar de quadrinhos chineses sem falar de Tony Wong! O maluco começou a exportar suas obras para outros países, como os Estados Unidos. Ele até fez uma historinha com o Batman para cair mais no gosto da americanizada!

99999

Atualmente o sr Wong tem sua própria editora, que é a maior da China em termos de publicação de quadrinhos. Tem diversos títulos em sua grade, alguns ele desenha inteiro, outros ele só faz as capas, outros ele só escreve. Não importa. O tiozão tá frme e forte na labuta, produzindo mais e mais Kung-Fu-Farofa, para a alegria da nação mais populosa do mundo! E para a nossa alegria também, é só alguma editora se prontificar a lançar por aqui algum material do mano. Tá fazendo falta!

E fique com mais algumas ilustras animais dele logo abaixo!

000 033 047 048 049 132 235 237

6 comentários em “Tony Wong – Stan Lee de Hong Kong

  1. Yui disse:

    Minha nossa senhora, dá pra ter um orgasmo vendo essas imagens~ *q*

  2. André Silva disse:

    mas como é que….? nossa!!! uau! wow!

  3. James disse:

    Pow muto show teu blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s