Go Nagai – Mangaka Violento

Um desenho bonito não é tudo na vida!

A beleza plástica é apenas UM dos muitos requisitos necessários para uma ilustração ser bacana. Tem também a composição, a ideia, o tipo de acabamento, a ‘energia’ do traçado… tudo isto conta!

Por isso que, apesar de ter um traço considerado ‘datado’, muita gente ainda pira as ilustras de Go Nagai!

Este tiozinho japa foi um dos primeiros a popularizar mangás realmente ‘para jovens adultos’: com muito sangue, tripas, mulherada pelada e personagens rebeldes. Suas obras incluem Cute Honey, uma heroína que vive com suas roupas rasgadas por aí; Devilman, uma história sobre a perversidade humana; Violence Jack, cujo próprio título já evoca o conteúdo… e por aí vai!

A arte de Nagai está longe de ser considerada perfeita, mas… caceta! Dá vontade de ficar olhando, né? Talvez seja o retrô… talvez seja o… sei lá! Eu curto! Aproveitem!

devilman-2213503 Violence Jack Kanzenban1 Violence Jack Kanzenban Supeope Chuugaku Sunano Ou Devilman Lady devilman-2213377 devilman-2213457 devilman-2213511 devilman-2214797 Cute Honey2 Cute Honey

Yoshihiko Umakoshi – Pedra Saltitante!

O tempo passa… o tempo voa… e a preferencia por Cavaleiros do Zodíaco em meu coração CONTINUA numa boa!

Não tem jeito, quando certas coisas te pegam na infância é difícil você superar… é trauma! Embora eu saiba que existam pilhas e pilhas de mangás e animes MUITO melhores que Cavaleiros do Zodíaco eles ainda vão sempre ter um lugar especial no meu imaginário e qualquer coisa que façam sobre eles (sobretudo se for bem-feita) terá o meu aplauso. Um exemplo é a saga Saint Seiya Ômega (uma ‘continuação’ da saga original) que, embora eu nunca tenha assistido nenhum episódio completo, ouço muitos elogios em relação ao fato de que o roteiro da obra tem algo que o mangá original não tinha: nexo. Claro que muita gente ainda torce o nariz para isso, afinal NÃO ter nexo parecia ser um dos charmes do anime original, não é?

Mesmo assim, o character designer da série Ômega, Yoshihiko Umakoshi, ainda deve ser admirado pela sua competência no traço. O maluco manda muito bem no lápis e, recentemente, fez uma pequena homenagem à saga original com estes esboços dos cavaleiros de ouro clássicos (que, na minha opinião e na de todo mundo, deveriam ter sido melhor trabalhados…). Veja abaixo e babe!

6 7 8 9 10 11 12 1 2 3 4 5

Terry Redlin – Dust in the Wind

Apesar de saber que este tema não é muito procurado aqui no blog, eu ainda insisto em publicar aqui, de vez em quando, alguns artistas que fazem pinturas ‘de salão’ clássicas. O bom e velho Slice of Life pintado de forma realista e pura… com os velhos pincéis de pelo de marta e a tinta a óleo. Quando bem-feitos, estes quadros dão uma agradável sensação de ‘estar em casa’.

É o caso do artista Terry Redlin, famoso nos Estados Unidos pelas suas belas pinturas retratando o wild life americano. Olhando para suas obras a gente QUASE acredita que os Estados Unidos são um bom lugar para se viver…

Vocês poderão conferir alguns dos seus belos trabalhos logo abaixo.

001 002 003 004 005 5addd61d 006 007 redlin_for_amber_le Terry_Redlin_Artwork_wallpaper_Morning_Retreat