Masamune Shirow – Xafadeeeeeeenho!

Era uma vez um cara que gostava de desenhar mangás.

Ele apreciava traçar roteiros de qualidade, calçados em belas ilustrações detalhadas que se revelavam em obras-primas dignas de nota, como Ghost in the Shell, Dominion, Orion, entre outras. Era visível nelas o prazer que o autor tinha em desenhar belas mulheres à beira da nudez, mas isso ele sempre fazia de forma a se encaixar no contexto das obras e sempre com muito bom gosto.

600full-masamune-shirow (1)

Pois bem, este cara não existe mais.

Masamune Shirow hoje lança só artbooks eróticos HARD (e o ‘hard’ não é força de expressão) onde rola de tudo: zoofilia, pedofilia, estupro, assassinato com estupro e até algumas fantasias eróticas tão absurdas que conseguem fazer um MINDFUCKER na cabeça dos mais criativos diretores de filmes pornográficos. O bom gosto deu lugar a situações completamente despudoradas. As belas mulheres deram lugar à bonecas infláveis que esboçam sentimentos (até o tom de brilho na pele dá a impressão de elas são feitas de plástico). Shirow libertou-se de suas correntes morais de vez: ele desenha putaria pela putaria e nada mais. Esta peculiaridade faz dele um dos poucos artistas que começaram com mangás mainstream e depois refugiaram-se no nicho erótico.

PIECES8_028

Creio que tudo começou com seu álbum Intron Depot de 1992. Nele havia a reunião de seus trabalhos de 1981 a 1991. E o que mais chamou a atenção dos fãs foram as pranchas das belas mulheres em situações, digamos, suspeitas. ISSO fez sucesso e ele decidiu fazer um teste: lançou, em 1998, Intron Depot 2 cujo conteúdo estava um pouco mais pesado. Mais uma vez, sucesso instantâneo. Foi aí que ele percebeu que não precisava mais se preocupar em desenhar mangá.

Analisando sua arte friamente (se é que é possível…) percebemos que ele foi um dos caras que abriu caminho para a popularização da pintura digital nos quadrinhos japas. E talvez justamente por ele ter sido um dos primeiros ele ainda guarda certos vícios típicos daquela época, como cores muito saturadas e excesso de uso de filtros e texturas. Em suma, se ele um dia já foi um dos mais competentes coloristas do Japão, hoje ele perde feio para muita gente – observe a imagem abaixo, onde existe um grande disparate gráfico entre a pirata, os baús e as moedas de ouro em volta dela:

tAG_43023

Bom, mas verdade seja dita… quem gosta da obra do Shirow tá pouco se fudendo (literalmente!) para o lado artístico da coisa. Eles tão a fim de ver Xuplai Xuplim nervoso! E é isso que você verá agora. Aproveita, safado!

shirow b5d6f88d6440befa9992a87bf3aebd691330807693_full d0011904_4f75b901e299c Konachan.com - 29554 galgrease shirow_masamune tagme Masamune Shirow - Calendar 2001 - 07 Masamune_Shirow_Intron_Depot_by_jkno4u Masamune-Shirow-artist-Galhoun-masamune-shirow-bike_b8038 2b0de4edae9be576ae7f20d77de5e045 600full-masamune-shirow 936full-masamune-shirow 271298 29153-billina 11970631_pieces8_031 11970649_pieces8_051 11971074_pieces8_038 PIECES8_036 PIECES8_074 PIECES8_076 PIECES8_077 PIECES8_078 PIECES8_108 PIECES8_110 S1_01_Back

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s