Capas – Kripta/Eerie

Nos Estados Unidos havia um gênero de quadrinhos que fazia um baita de um sucesso entre a pirralhada: quadrinhos de terror!

Nos anos 40 e início dos 50 eles vendiam igual água, mas infelizmente o abastecimento foi cortado: uma caça às bruxas aos quadrinhos aconteceu e este gênero foi acusado de perverter e traumatizar as crianças. Vixe! E por isto, para o gênero não morrer de ver, os editores tiveram que fazer uns paranauê.

A Eerie foi publicada em 1966 nos Estados Unidos carregando o rótulo de “revista” e não de “quadrinhos”, uma forma de driblar a censura. No Brasil, a sua versão brasileira Kripta começou a ser publicada na metade dos anos 70 e fez um baita dum sucesso.

Você pode conferir abaixo algumas destas capas. Quem é colecionador de quadrinho da velhíssima guarda (ou paga de “vintage”) certamente vai se emocionar com estas ilustras fodas!