Gerald Parel – Eu tenho a Fama!

Mais um artista para a galeria das ilustres celebridades da internet!

Este francês começou como muitos destes famosos começam para ganhar fama: fazendo fanarts! Você pode ver que um dos temas que ele mais curtia era He-Man, aquele pastiche animado que foi criado porque uma empresa produziu bonequinhos da franquia Conan e ficaram TÃO mal feitos que a dona da marca recusou. Resultado: pintaram o cabelo preto do bonequinho de loiro e criaram um desenho animado por cima!

O trampo do senhor Parel é muito bonitão e ganhou as net à fora. Hoje ele trampa para a industria de quadrinhos, embora sua especialidade sejam as ilustrações. Dá um confere abaixo!

Hirohiko Araki – Do you even POSE?!?

Poucos artistas aqui no blog receberam a tag “poses estilosas” com tanto merecimento como mestre Araki!

Este japa é conhecido por ser o autor de Jojo’s Bizarre Adventures, um dos mangas mais longos da história! Sua publicação começou em 1987 e continua sendo publicado até hoje! Dividido em várias sagas, uma mais maluqete que a outra, este é um dos mangas mais famosos da atualidade no Japão – e ganhou o mundo nos últimos cinco anos com a sua adaptação para anime!

Por ser tão longo é natural que houve uma evolução fenomenal no traço do Araki! Ele foi disto:

… para ISTO!

Mas vamos concordar: Mesmo quando a arte dele ainda era meio desajeitada, ainda era muito foda de apreciar pelas super poses em que ele fazia seus personagens! Como nestas três logo abaixo!

E agora vamos apreciar, abaixo, as artes mais recentes – e algumas poucas antigas – do mestrão das poses foderosas!

Vamos lá!

JOJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!

Danusko Campos – O Rugido do Leão

Existem muitos quadrinhos brasileiros que são fantásticos, mas poucos conhecem. Um que eu gostaria de recomendar á todos é a série Leão Negro, de Cynthia Carvalho – uma brutal e melancólica aventura de fantasia medieval com felinos em forma humana.

Foi graças à esta magnífica série que eu conheci o trampo igualmente magnífico de Danusko Campos. O cara tem um traço muito bonito e consegue fazer composições de páginas como poucos!

Abaixo você pode conferir as páginas deste mestre, não apenas da série Leão Negro, mas também de outros trampos do maluco.

Jean-Yves Delitte – O Barquinho Vai…

Cês gostam de barquinhos? Então este belga é o seu homem!

Mestre Delitte é um dos fodões das BDs, tendo ilustrado – e também roteirizado – vários álbuns. Porém, seu maior tesão é desenhar navios. Sobretudo as antigas naus à vela, da época de ouro das navegações mundiais.

As pranchas que ele ilustra são belíssimas e a água que ele pinta… bem, lembram-se que eu postei um russo maledeto aqui, chamado Ivan Aivazovsky, que pintava uma das águas mais lindas que qualquer ser humano já viu? Pois é! Se você observar, Delitte usa o estilo translúcido deste cara para compor algumas de suas águas também.

Só conferir abaixo e apreciar.

Capas – Pep

Na Era de Ouro e de Prata dos Quadrinhos, álbuns semanais com vários títulos de quadrinhos diferentes se espalharam por todo o globo e começaram a ganhar muitos fãs.

A revista Pep foi uma revista de quadrinhos dos Países Baixos, publicada de 1962 à 1975. A maioria das suas publicações eram quadrinhos europeus (ado-ro!), embora também houvesse quadrinhos americanos e de outros lugares.

Uma característica legal era que o departamento editorial não apenas republicava as revistas, mas também tinha sua própria equipe de arte que produzia capas exclusivas destas obras para o país – ou então eles pegavam um quadro da obra original e davam uma repaginada estilosa.

Se você curte coisas vintage, vai curtir as imagens abaixo!