Kimberly Joy – Não vai Doer

Essa galera inventa cada coisa! Quem poderia imaginar que dava para fazer arte utilizando… seringas?!

Isto mesmo! A enfermeira Kimberly estava espetando braços alheios no trabalho, quando pensou: “Não seria legal se desse para pegar o sangue desta galera e fazer umas pinturas?” Obviamente ela não utiliza o sangue dos pacientes, mas tintas! E o resultado de suas telas doidas até que fica maneiro!

Dá um confere abaixo!

Roxie Vizcarra – Grand Turbo Artist

E aqui estamos: mais artistas na fila que PRECISAM ser reconhecidos antes do final desta porra aqui!

Roxie Vizcarra é uma ilustradora fodona, mais conhecida pelas artes que ela fez para o game GTA – mas, para mim o melhor trampo dela são os mais “descompromissados”, feitos na rabisqueira cotidiana.

Você pode conferir este trampo mais informal da moça logo abaixo!

Russ Mills – Keep Calm and… Mess!

O blog está prestes a dar adeus, mas antes vamos conhecer mais artistas espetaculosos nessa porra.

Mestre Mills é um artista inglês que curte fazer suas ilustras num estilo mais “sujão” e “caótico”, mas sem perder a acuidade técnica. O estilo que eu mais gosto! Há muito tempo tava na fila para ser publicado e aqui estamos nós!

Dêem um conferem na arte do cara logo abaixo!

Ferdinando Tacconi – Fumettista Aristocrata

Antes do blog acabar, vamos tentar apresentar nas próximas semanas uma série de quadrinistas italianos, já que aqui no blog foram muito poucos apresentados ao longo da jornada.

E vamos começar com Ferdinando Tacconi! Este cara criou uma série de aventura e comédia conhecida como Gli Aristocratici, ou Os Aristocratas onde ele zoava com os clichês dos britânicos. Infelizmente esta série mal apareceu aqui no Brasil, tendo apenas uns poucos capítulos publicados em álbuns antigos e esparsos.

O traço do cara era bem limpo e tinha um dinamismo que dava gosto de ver. Você pode dar um confere em algumas de suas pranchas logo abaixo:

Gerald Parel – Eu tenho a Fama!

Mais um artista para a galeria das ilustres celebridades da internet!

Este francês começou como muitos destes famosos começam para ganhar fama: fazendo fanarts! Você pode ver que um dos temas que ele mais curtia era He-Man, aquele pastiche animado que foi criado porque uma empresa produziu bonequinhos da franquia Conan e ficaram TÃO mal feitos que a dona da marca recusou. Resultado: pintaram o cabelo preto do bonequinho de loiro e criaram um desenho animado por cima!

O trampo do senhor Parel é muito bonitão e ganhou as net à fora. Hoje ele trampa para a industria de quadrinhos, embora sua especialidade sejam as ilustrações. Dá um confere abaixo!