Alex Horley – Aprendendo com os Monstros

Vocês que conhecem este blog há uma cara, sabem que, durante um bom tempo, mestre Frank Frazetta foi nosso habitué! E, atualmente, temos o monstrão Simon Bisley como o nosso mestre de cerimônias atual.

Hoje, vamos apresentar um artista que bebe da fonte destes dois fodões.

Alex Horley também ilustra muitos temas de fantasia dark, além de outros estilos, cujas pranchas lembram muito a estética dos quadrinhos BAMFs dos anos 70 e 80. E o mais legal é que ele se mantêm no estilo “analógico”, pintando com tinta e tudo!

Observem uma amostra do trampo do cara logo abaixo!

Basil Gogos – Retratando Monstros

Como é?! Quatro… QUATRO fucking posts na mesma semana?! Pois é!

Este não teve como esperar: resolvemos fazer uma homenagem ao mestre Basil Gogos, que faleceu anteontem. Ilustrador conhecido pelos incríveis retratos que fez de vários monstros do cinema, tendo suas pinturas em destaque em várias revistas de entretenimento nas décadas de 60 e 70.

Seu estilão brincava com a luz e sombra e também com as cores de forma vibrante e tétrica. Muitos dos seus temas eram de filmes preto-e-branco, aonde ele podia reimaginar a colorização como queria!

Veja abaixo uma amostra do trampo do mestre:

Wallace Berman – Beat Designer

Apesar de terem sido eventos tristíssimos, poucas coisas contribuíram tanto para a evolução artística, médica e tecnológica no mundo do que as duas grandes guerras mundiais.

Enquanto nos anos 20 e 30 tivemos a revolução da “Flaming Generation”, nos anos 40 e 50 conhecemos a “Beat Generation” – jovens, alguns deles veteranos de guerra, que perceberam que o mundo antigo precisava mudar com urgência. Eles cantaram a poesia e a liberdade de expressão acima do som das metralhadoras, permeando os primeiros anos da Guerra Fria com uma estética intimidadoramente nova e provocante.

Nos Estados Unidos, houve muitos baluartes desta época. Um deles foi Wallace Berman, que revolucionou a arte visual do país, abrindo caminho para a Pop Art e para outros revolucionários nas décadas seguintes.

Seus trabalhos misturavam foto, tipografia, poesia escrita e outras mídias para compor peças que influenciaram todos os “descolados” nas artes até os dias de hoje. Até mesmo os Beatles lhe prestaram uma homenagem no album Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, onde uma foto dele aparece acima de george Harrison, próximo ao Tom Curtis.

Confira abaixo algumas obras do maluco e perceba o quanto ele ainda influencia a arte visual até hoje.

George Lois – A Sentença da Capa

Se você nunca ouviu falar de George Lois na sua vida e, como carreira, pretende ser um médico, pedreiro, eletricista, engenheiro… tudo bem. Mas se você pretende ser um fotógrafo, designer, ilustrador ou qualquer coisa do gênero você PRECISA saber quem ele é!

Mestre Lois é o cara que manja MUITO de capas de revista! Ele criou todo um estilo surpreendente e inovador quando foi diretor de arte da revista Esquire e mandou ver com imagens cheias de originalidade! Não tem um filho da puta que trabalhe em revista e que faça BEM o seu trabalho de bolar capas que não conheça este cara.

Confira abaixo algumas das obras primas que ele concebeu – claro que todas elas são ainda mais incríveis se você entender o contexto, mas vou deixar que vocês pesquisem por si mesmos.

lois1 lois2 lois3 lois4 lois5 lois6 lois7 lois8 lois9 lois10 lois11 lois12 lois13

 

Jeff Simpson – Nada é Real

Mestre Jeff é um ilustrador foderoso que trampa na Ubisoft Montreal, além de fazer mais uma porrada de artes freelas por aí e para projetos pessoais.

Não é difícil notar, logo abaixo, que o maluco curte uns temas mais de “terror” e surreais. Entre os games que o cara trampou estão Assassin’s Creed. Nada foda ele, né?

Confere a arte do cara logo abaixo:

jeff0 jeff1 jeff2 jeff3 jeff4 jeff5 jeff6 jeff7 jeff8 jeff9 jeff10 jeff11 jeff12

Sarah Stone – Arte Fanática

A quantidade de artistas foderosos que você vê por aí fazendo fanarts não está no gibi… alias, muitos estão no tumblr!

Uma das que eu mais curti recentemente foi Sarah Stone. As artes dela são muito lindas e, a julgar pelos fandons que ela participa, ela tem muito bom gosto! Ah, mas ela também faz muitas artes com personagens originais também! Confere abaixo as pranchas da moça!

tumblr_oaqcbwbloa1r1n44mo1_1280 tumblr_o99c4tlsyb1r1n44mo1_540 tumblr_o8lfp61efc1r1n44mo1_540 tumblr_o52opp1ptl1r1n44mo1_540 tumblr_o52opp1ptl1r1n44mo2_540 tumblr_o9ed091jhk1r1n44mo1_1280 tumblr_o9f0sec1qn1r1n44mo3_540 tumblr_o6qv6g0azj1r1n44mo1_1280 tumblr_o6u12cyw9o1r1n44mo1_1280 tumblr_o7wghpmsqd1r1n44mo1_1280 tumblr_o8bcg699wd1r1n44mo1_1280 tumblr_nsow7ixbfe1r1n44mo1_1280 tumblr_nveoyw5gla1r1n44mo1_540 tumblr_o5ou4cvjnx1r1n44mo1_540 tumblr_o5ou4cvjnx1r1n44mo2_540 tumblr_o5ou4cvjnx1r1n44mo3_540 tumblr_o5ou4cvjnx1r1n44mo4_540 tumblr_o5ou4cvjnx1r1n44mo5_540

Radishwine – Fanarts Fodis

E aê?! Hora de conhecermos uma nova artista, cujo nome éééééé…

Hã, tá, eu não sei o nome dela.

Sei só que é uma mina. Mais uma artista anônima das internet aê que eu descobri no Tumblr (alias, confira AQUI) quando estava procurando fanarts (gays!) de animações nonsense como Rick e Morty e South Park.

Confira abaixo!

tumblr_npem2fcIBl1u1lwwuo1_1280 tumblr_npg8jddeyW1u1lwwuo1_500 tumblr_nqfmekXLgK1uxxd22o1_1280 tumblr_nqmq8oJwu11u1lwwuo1_1280 tumblr_nqy5upLkUR1u1lwwuo1_540 tumblr_nr1tbzaycA1uxxd22o1_1280 tumblr_nr3tosGpht1u1lwwuo1_540 tumblr_nrcxnb3UDB1u1lwwuo1_500 tumblr_nrgr73LwXR1uxxd22o1_1280 tumblr_nrr4dslGE51uxxd22o1_1280 tumblr_nrzhwxuEgd1uxxd22o1_1280 tumblr_ns91tr3mbC1u1lwwuo1_1280 tumblr_nt474bg0Ke1uxxd22o1_500 tumblr_nu3vqlHQl01u1lwwuo1_540 tyutyu 61312