Kris Kuksi – A Loucura nos Detalhes

Eu já conhecia o trampo bizarro de Kris Kuksi desde a primeira vez que eu tinha entrado no deviantart, há uns dez anos atrás (porra, muito tempo…). A galeria antiga se foi, mas o trampo deste cara continua por lá. De fato, está por toda a parte!

O seu estilo de esculturas mistura um pouco de realismo fantástico com coisas BEM perturbadoras. São peças feitas com muitos detalhes, que fazem a galera dançar os olhos pelas suas obras por vários minutos e, a cada novo momento, descobrir algo mais bizarro.

Apreciem uma amostra deste trampo malucão logo abaixo!

Kelley Jones – Heróis Sombrios

Quando, pela primeira vez eu comecei a comprar quadrinhos de super heróis, (época dos velhos “formatinhos” da editora abril, uma época em que a gente nem se incomodava com frescuras como capa dura e qualidade de papel) eu conheci um cara dono de um traço que me deixou vidrada: Kelley Jones!

O mano tinha um traço mais sombrio, com grandes e dramáticos contrastes, puxado para os quadrinhos de terror. Eu adorei instantaneamente! Curtia muito o Batman das “orelhas gigantes” que ele desenhava. Achava – e ainda acho – o estilo muito foda!

Voltei a ver a arte dele quando conheci Sandman e achei mais fodona ainda! O modo como ele faz os mantos esvoaçantes é muito legal! Hoje ele não aparece mais tanto nos quadrinhos, mas seu trabalho ainda é demais! Dá um confere!

Figment Forms – A Lenda

Existem alguns artistas que trampam com fanarts belíssimos e que só orgulham a franquia que homenageiam. É o caso de Figment Forms, o pseudônimo de uma americana que há algum tempo, vem publicando no tumblr uma linda história em quadrinhos do universo A Lenda de Zelda!

Você pode reparar que o traço dela é realista e primoroso… lindedaço! e sua história é bem divertida! Você pode conferir o trampo da mina AQUI e verificar uma amostra do traço dela logo abaixo!

Lee Miller – O Clique na Guerra

Fotógrafos não são o supra-sumo do blog, mas quando aparece alguém que vale a pena comentar, aí está!

Elizabeth “Lee” Miller, Lady Penrose iniciou sua carreira como modelo nos anos 20 do século passado, porém ela descobriu que tinha mais talento do outro lado da lente. Foi para Paris e começou sua carreira de fotógrafa, inicialmente dando clicks em outras modelos como ela, mas tudo mudou quando ela virou repórter fotográfica durante a Segunda Guerra Mundial.

Seu trabalho foi muito elogiado por mostrar frames da guerra que as pessoas não estavam acostumadas a fazer. dando um lado humano à barbárie e ressaltando a lua dos civis ao invés da brutalidade dos soldados.

Algumas destas belas fotos – inclusive algumas em que a própria aparece – você pode conferir logo abaixo!

Alice Zhang – Alice Quem…?

É interessante ver esta nova dinâmica que algumas empresas contratam artistas e ilustradores. Muitas vezes um fanartista especialmente fodeloso acaba chamando a atenção e ganha um trampo para fazer artes oficiais!

Senhorita Zhang curte muito séries britânicas, como Doctor Who, Sherlock e Harry Potter. Seu trampo fenomenal, inicialmente feito só para se divertir, fez os estúdios a chamarem para ilustrar revistas informativas e boxes especiais com a mídia física destas séries!

Confiram uma amostra do trampo dela abaixo e o restante AQUI!

Sachin Teng – A Era do Ilustrador

Os melhores ilustradores do mundo pop parecem estar destinados a serem capistas nos quadrinhos!

Este é o caso do mano Teng, americano que manja de belas composições, suaves traçados, grande harmonia de cores que tudo junto cria umas ilustras belíssimas e que você bate o olho e logo saca que é dele! Conheci o trampo dele quando ele fez as belíssimas capas das HQs da série Dragon Age.

O cara trampa também como designer e ilustrador para publicidade. Você vai encontrar abaixo artes do mano tanto para o mercado editorial quanto para o marketing. E para apreciar mais algumas coisinhas, clica AQUI!

 

Garret Kane – Golens e Mechas

Muitas pessoas acham bem impressionantes da ideia de “mechas” (como são chamados os robôs gigantes no Japão) realmente existirem no nosso mundo. E outros são mais atraídos pela ideia dos golens, criaturas mais “naturais”, da onde a vida é soprada para suas narinas através de entidades místicas.

Por que não juntar os dois?

Mestre Kane é um escultor que curte fazer umas estátuas diferentonas! Unindo os conceitos de golens e mechas, ele faz algumas belas esculturas humanóides que impressionam pelo nível de detalhes, Não, elas não são “realísticas”, mas são muito bonitas de se ver. Ele também faz, ocasionalmente, algumas esculturas mais “geométricas” que também impressionam pelos seus padrões intrincados e sua beleza – muitas delas enfeitando vitrines nas ruas de Nova York.

Você pode conferir uma amostra do trampo do cara logo abaixo!