P.S. Krøyer – Luz e Cor

Este pintor, mezzo dinamarquês, mezzo norueguês, é um dos mais conhecidos e o mais colorido dos chamados Pintores de Skagen, uma comunidade de artistas dinamarqueses e dos países nórdicos que viveram, trabalharam ou se encontravam em Skagen, na Dinamarca, especialmente durante as décadas finais do século XIX.

Seu trabalho de pintura clássica impressionista salta aos olhos com sua beleza! Algo que você poderá conferir vendo seus belos quadros abaixo.

a1 a2 a3 a4 a5 a6 a7 a8 a9 a10 a11 a12

Gerda Wegener – Eros

Nos séculos passados a maioria esmagadora (para não dizer a totalidade) de artistas que faziam trabalho erótico eram homens. Nenhuma mulher decente faria este tipo de arte pervertida (alias, “mulheres decentes” não podiam fazer nada!).

Porém, estreando a categoria da Dinamarca no blog, conheceremos a dama Gerda Wegener!

Esta autora não só teve uma carreira interessante, mas uma vida pessoal muito interessante. Era filha de um pastor evangélico (!) e foi casada com Einer Wegener, que posava para ela em trajes femininos… e acabou por criar a personalidade de Lili, mais tarde se assumindo como transsexual.

No início do século XX operações de trocas de sexo eram raras, perigosas e proibidas em alguns países. Lili faleceu após complicações pós-operatórias na sexta cirurgia. Mesmo assim, Einer/Lili foi sempre apoiado(a) pela sua mulher Gerda durante todo este processo.

Infelizmente, logo após ficar viúva, a obra da artista acabou ficando um pouco demodé diante de outros novos e vigorosos artistas eróticos que surgiram e ela acabou morrendo na pobreza.

Mesmo assim sua arte ficou e vamos apreciá-la agora!

g0 g1 g2 g3 g4 g5 g6 g7 g8 g9