Frazetta – Incansável

“Caralho! Lá vem esta louca da Jussara Gonzo DE NOVO postar estes garranchos do Frazetta! ‘taquipariu! Ela não cansa, não? O homem era foda, mas tomanuku! Chega, né?”

Sim, eu sei que foi isto que muitos devem ter pensado ao verem o nome deste post.

… mas foda-se! Posto Frazettão de novo aqui e não me arrependo!

Frank Frazetta - Against the Gods Frank Frazetta - At the Earth's Core Frank Frazetta - Atlantis Frank Frazetta - Beasts of Venus Frank Frazetta - Beyond the Farthest Star Frank Frazetta - Bird Man Frank Frazetta - Black Emperor Frank Frazetta - Black Panther Frank Frazetta - Black Star Frank Frazetta - Blazing Combat I Frank Frazetta - Blazing Combat II Frank Frazetta - Bloodstone Frank Frazetta - Captive Princess Frank Frazetta - Carson of Venus Frank Frazetta - Castle of Sin

 

Buichi Terasawa – Só pensa no Cobra

Há muito tempo atrás, numa galaxia muito, muito distante, havia um mundo onde o único objetivo dos homens era pegar mulher. Eles construíam prédios cada vez maiores, projetavam carros, lançavam livros, venciam competições físicas, pisavam na Lua… enfim, faziam uma porção de coisas inúteis com o único intuito de surpreender as fêmeas e acasalar com elas.

Hoje em dia as coisas estão diferentes: os homens AINDA vivem só para pegar muié, mas agora não querem mais admitir. Insistem em dizer que os seus esforços no trabalho, nas artes e nos esportes é para pura ‘satisfação pessoal’ … aham!

Buichi Terasawa é um ilustrador japonês do tempo em que os homens ainda eram sinceros consigo mesmos. Criador do icônico personagem Space Pirate Cobra, um aventureiro espacial com a cara do ator francês Jean-Paul Belmondo (repare no nariz) que só queria saber de passar o rodo na mulherada. Chauvinista até uma horas, mas pelo menos sincero.

Sobre a arte, Terasawa foi um dos primeiros a usar o computador para fazer a colorização de suas obras, conseguindo efeitos retro-futuristas para o seu personagem. O resultado você confere abaixo:

389772 389776 601500 Buichi Terasawa 054 BuichiTerasawa040 BuichiTerasawa102 BuichiTerasawa143 BuichiTerasawa161 Cobra denwwsacobragirls06bsanvm9 denwwsacobragirls031ua4 PlancheA_124086

Wu Elifer – Shangai Bic

Confesso que não sei bem o que pensar deste cara.

Wu Elifer, mais conhecido pelo seu perfil no Behance: Wang 2mu, é daqueles caras que castigam a caneta bic de duas cores (aquela azul e vermelha que a gente usava na escola: acabava a azul e ainda sobrava mais da metade da vermelha… dããã). Sim, ele é mais um daqueles que veio para provar que, mais importante que a qualidade do material, está o artista que o segura!

Trabalhos em esferográficas não são exatamente uma novidade e o trampo dele, apesar de muito bom, é… repetitivo! É isso aí! Não vou ficar babando muito ovo nele! Mas acho que vale a espiada do povo do blog no seu trampo.

Eis, mas que ele se esforça um bocado no acabamento, isso ele se esforça! Como vocês verão abaixo.

1 2 3 09a707876f832bee788353df63554c86 18e2908de580d79f56dc0083e1de9c61 6202561_1314374791t a b resource_6202561_13384820673 resource_6202561_1297583799y resource_6202561_1297583811w resource_6202561_1304684025d

H.R. Giger – Fone… Casa…

Na última terça-feira, mestre Giger tomou a espaçonave extraplanar para os mundos superiores.

Este suíço notobilizou-se com seu estilo único de criar monstros espaciais. Desnecessário dizer que ele trabalhou na arte de “Alien, o Oitavo Passageiro”. Hans Rudolf ganhou o Oscar de Efeitos Especiais por este trabalho e desde então manteve aquele estilo de humanóides cabeçudos como sua marca registrada.

00-HR Giger [Annie Bertram]

Suas ilustrações de aliens e extraterrestres fizeram a cabeça da galera descolada dos anos 80 e 90. Uma em cada cinco tatuagens até o ano 2000 era baseada em alguma ilustração sua. Ele desenvolveu um método todo próprio para criar seus seres espaciais com identidade, beleza e erotismo. Outros filmes que ele trabalhou foram “A experiência”, “Poltergeist II” e “Duna” além de ter feito capas para discos de famosos como Emerson, Lake & Palmer, Debbie Harry (Blondie) e Danzig.

Abaixo, veremos uma pequena amostra do seu trabalho (não que nunca tivéssemos visto antes). Vá em paz, mestre Giger. Esperamos que esteja em um planeta melhor que o nosso.

21000 21008 hr_giger_019 hr_giger_alienlandscape hr_giger_necronom_vi hr_giger_satan_i1 hr-giger-erotomechanics-vii1 hr-giger-pilotincockpit mordor_vi hr_giger_necronom_v li-hr-giger1

Go Nagai – Mangaka Violento

Um desenho bonito não é tudo na vida!

A beleza plástica é apenas UM dos muitos requisitos necessários para uma ilustração ser bacana. Tem também a composição, a ideia, o tipo de acabamento, a ‘energia’ do traçado… tudo isto conta!

Por isso que, apesar de ter um traço considerado ‘datado’, muita gente ainda pira as ilustras de Go Nagai!

Este tiozinho japa foi um dos primeiros a popularizar mangás realmente ‘para jovens adultos’: com muito sangue, tripas, mulherada pelada e personagens rebeldes. Suas obras incluem Cute Honey, uma heroína que vive com suas roupas rasgadas por aí; Devilman, uma história sobre a perversidade humana; Violence Jack, cujo próprio título já evoca o conteúdo… e por aí vai!

A arte de Nagai está longe de ser considerada perfeita, mas… caceta! Dá vontade de ficar olhando, né? Talvez seja o retrô… talvez seja o… sei lá! Eu curto! Aproveitem!

devilman-2213503 Violence Jack Kanzenban1 Violence Jack Kanzenban Supeope Chuugaku Sunano Ou Devilman Lady devilman-2213377 devilman-2213457 devilman-2213511 devilman-2214797 Cute Honey2 Cute Honey