Oh! Great! – Demaaaaais!

Um dia, o mangaka Ito Oogure descobriu que seu sobrenome tinha uma sonoridade semelhante à frase em inglês “Oh, great!” bom, mais ou menos, na verdade. Mas isto foi suficiente para ele adotar este pseudônimo. E cara… até que orna!

Considerado um dos mais incríveis ilustradores da japa, Oh! Great! foi autor de pelo menos dois mangas de grande sucesso: Tenjou Tenge e Air Gear. São títulos com artes simplesmente fenomenais! Embora o roteiro… a bem da verdade, o próprio autor é o primeiro a admitir que ele é um roteirista medíocre. Todos os enredos que ele cria são apenas plataformas para ele desenhar cenas de ação e movimento foderosas, juntamente com mulherada de peito e bunda de fora.

Confira abaixo algumas das pranchas do cara!

Noboru Kawasaki – Retro manga

É inegável que a arte dos quadrinhos, em geral, deu uma evoluída estética fenomenal da explosão da década de 40 do século passado para agora. Naqueles tempos, de uma maneira geral, a arte dos quadrinhos era cartunizada, mal cuidada e amadora.

Não que não houvessem desenhadores muito competentes nas antigas, como Hal Foster, Edgar P JacobsWill Eisner, mas eles eram as exceções. No Japão, o traço era mais ou menos fraquinho, a arte dos mangas só começou a ficar mais “anatomicamente correta” nos anos 50 e 60. E um destes caras que começaram a fazer esta transição de cartoon para realista foi Noboru Kawasaki.

O cara ficou famoso, principalmente, pela obra Star of the Giants (Kyojin no Hoshi), escrita por Ikki Kajiwara e desenhada pro ele. Uma história de abusos infantis, violência, depressão e baseball. Mas confesso que a obra que curto mais dele, sobretudo pela arte, é Kouya no Shounen Isamu, um manga de faroeste e que está representado abaixo pela maioria das pranchas.

Acho o estilo de manga retrô dele bem legal! Curtam vocês também!

61vf9eqWT-L 71teNw3UjML 71VGEKDoiRL 717mMa1UmuL 342428_615 1340709984 A1NLaM85LnL d3f20978f88e0b06b5d3bbda0ad65153 isam03 jc1042 o065009191027975_650 viq4gx5

Monique Novaes – There’s a light that never goes out

Querida amiga Monique…

A arte é como uma luz que ilumina a raça humana – a única coisa que, efetivamente, nos diferencia dos outros animais (até agora…). Mas sei o quanto, às vezes, manter esta luz acesa é desafiador.

Todos nós temos nossos contratempos – dos quais eu sempre vou acreditar que são apenas testes para nos tornarem mais fortes e mais atentos ao que nós mesmos estamos trazendo para nossas vidas. Alguns golpes que a vida lhe deu foram mais duros que outros, principalmente na área da sua profissão de sonho: a ilustração e os quadrinhos. Você teve muitas dificuldades e frustrações como desenhista, algumas das quais eu testemunhei anos atrás. E embora os compromissos da vida tenham nos distanciado, ainda sinto-me muito conectada à sua bela arte.

Ninguém deixa de ser artista só porque não trabalha mais nesta área. Portanto, embora o túnel possa ser longo e escuro, mantenha sempre esta luzinha acesa do seu desenho consigo! Ela sempre vai iluminar alguém!

Eis aqui a publicação de algumas ilustras lindas que você fez.

monique (8) monique (9) monique (10) monique (11) monique (12) monique (13) monique (14) monique (15) monique (16) monique (17) monique (18) monique (100) monique (200) pgaia-p31 pgaia-p32 pgaia-p33 1 monique (2) monique (3) monique (4) monique (5) monique (6)

Megumu Okada – Cólera do Popozudo!!!

E aí, manolinhos? Vamos ver mais algumas artes esquisitaças do nosso amado odiado respeitável mestre Okada?

Segue mais algumas pranchas da história super esquisita dele para cavaleiros do zodíaco: Episodio G – Assassino. E nas últimas pranchas vamos apreciar um dos momentos mais emblemáticos desta saga, quando o cavaleiro Shiryu de Dragão apareceu com o dragão nas costas e tudo e… bem… com um “pandeirão” de colocar inveja em muita piriguete por ai!

Bora apreciar!

epgassassino_capitulo13_3 epgassassino_capitulo13_5 epgassassino_capitulo13_7 epgassassino_capitulo14_2 epgassassino_capitulo14_3 epgassassino_capitulo14_6 epgassassino_capitulo14_10 epgassassino_capitulo15_6 epgassassino_capitulo15_9 epgassassino_capitulo16_5 epgassassino_capitulo16_6 epgassassino_capitulo16_10 epgassassino_capitulo17_10 epgassassino_capitulo18_10 epgassassino_capitulo19_7 epgassassino_capitulo19_9

Feliz Ano Novo… com Kazushi Hagiwara!

Hoje vamos conhecer um mangaka foderosão… e o maior mestre dos hiatos da história (superando até o criador de Berserk e Hunter x Hunter).

Mestre Hagiwara possui uma série única: BASTARD!! Ele começou a publicar o treco na revista Shonen Jump em 1988… quase trinta anos atrás. E sabe quantos volumes encadernados a série tem? 27… SÓ FUCKING 27!!! Para terem uma ideia o manga Slam Dunk (do foderosão Takehiko Inoue que, alias, também curte uns hiatos…) durou 6 anos – de 1990 a 1996 – e teve 31 volumes!

Bão, mas pelo menos ele nos presenteia com umas artes legais de vez em quando, né? Vamos conferir abaixo:

a1 a2 a3 a4 a5 a6 a7 a8 a9 a10 aa Bastard-Forces_-_Shitae_Frt Bastard-Forces_-_Unused_Revised_Frt c20121227_ff11_003_cs1w1_700x991 c20130214_darksalmoner_02_cs1w1_679x960 FeaturedPic14 Kai_Harn mc tumblr_lzg1pvsaAf1qiv7w3o9_1280 tumblr_mykzh9FLPY1repyqro1_1280 zz (1) zz (2) zz (3)