Rika – Gore, Devil, Gore

Muitos ilustradores gostam de mostrar suas artes na net, mas não gostam de se mostrar. Alguns são tão secretos que não sabemos nada sobre a criatura: seu nome, idade, país onde vive… mas, de vez em nunca, eles soltam algumas pequenas informações. Como mestre Rika que, há um tempão, eu acompanho o trampo desta mina e que FINALMENTE está saindo para o mundo real!

O trabalho dela é focado principalmente no gore, no horror e nas tripas. de vez em quando um yaoizinho ali e acolá, mas o grosso do seu trampo é sangue e nojeiras… maravilhoso!

Confira mais da arte dela AQUI e suas pranchas logo abaixo!

 

Simon Bisley – Bye bye

Bão, galera… este é o último post do nosso habitué Simon Bisley.

Estamos chegando no limite permitido de arquivos de midias alocados aqui. Éééééé… postar imagem bonitona e em boa qualidade consome uns bons bits!

No entanto, mesmo quando as postagens pararem, o blog continuará no ar – embora com estas políticas loucas do wordpress, não custa nada a moçada salvar as imagens que gosta mais por precaução, né? Por isto não fiquem (muito) tristes.

E chega de xororô, vamos ver a última leva de pranchas do mestre Bisley aqui no blog!

p_0011 002 4APaA4zL_3006150833161 13c-issue1-pg2+3-copy-Large-1024x796 15 119436_20080214231753_large Angur-Frostbeard-By-Simon-Bisley bad-boy BB51 bisley sincity Bisley The Tick Bisley

Megan Olkers|Simon Bisley draws Simon Coldwater fighting|Simon Coldwater|simon coldwater

Simon Coldwater vs the Sassy Assassins|Simon Bisley draws the epic battle between Simon Coldwater and the Sassy Assassins|Simon Coldwater|simon coldwater

Double nunchuks|Double nunchucks and big boobs, my favorite combinantion|Simon Coldwater|simon coldwater,boobs,female

bizdoom bizpaintlarge blizzard_via_staples Candace coldsamurai-773x1024 comic1_page11

Conan painted by Simon Bisley|One of the greatest paintings of Conan. |Pinups|conan,1995,sword,birds

Convention_Cover Lingerie-kickboxer mary-reed MP MP_Splash n1oPqTT9_0907150656361

Hiroaki Samura – Pesado…

O Japão é um dos países mais pacíficos do mundo. Embora, de vez em quando, ocorra umas merdas, ainda assim é muito seguro de se viver. Crimes de todas as espécies, sobretudo sexuais, são bastante raros por lá. das duas, uma: ou são as mulheres (e homens) que denunciam pouco os assédios sofridos, ou a japonesada gasta todas as suas perversões em mangas com temas como pedofilia, estupros e abusos.

Existe um grande mercado de artes pervertidas no Japão do qual até mesmo alguns nomes famosos se destacam. Um deles é Hiroaki Samura, autor de Blade of the Immortal, o cara é conhecido por fazer umas artes BEM pesadas nas horas de folga.

E o pior é muitas delas são lindas.

Da mesma forma que as pessoas têm uma curiosidade mórbida em espiar um cadáver estirado na rua, muitos também curtem olhar para estas imagens perturbadoras, embora não concordem com NADA o que elas representam (talvez em forma de denúncia?).

Mas este é o papel da arte, não é? Nos provocar emoções controversas, como na arte hiper realista e perversa de crianças feridas de Gottfried Helnwein. Agora, apreciem abaixo as pranchas (as mais leves!) de Samura:

David Ligare – Greco-Américo

A palavra “contemporâneo” é muito confusa, pois uma coisa que era “contemporânea” na década de 60 do século XX não é mais na década de 10 do século XXI. Seja como for, mestre Ligare é considerado “contemporâneo”, apesar de muitas de suas telas terem a cara dos movimentos artísticos dos anos 70 ou coisa assim.

Ah, quem se importa? O cara manja muito! O estilo dele esbarra no clássico grego e tem um quê de hiperrealismo defasado, mas que ainda é muito bacana de se observar!

Só dar uma conferida nas telas do moço logo abaixo!

John Bolton – Vertigem em Quadrinhos

Conheci John Bolton pela primeira vez na minha pré-adolescência, época em que eu estava cansada de ler gibizinhos da turma da Mônica e as historinhas água com açúcar de Batman e X-men e queria algo mais pesado… foi quando eu descobri o selo Vertigo e fui apresentada a uma das minhas primeiras histórias para “adultos”: os Livros da Magia.

Lembro de ter ficado impressionada, na época, com a arte poderosa daquele meu primeiro autor “adulto”: John Bolton, que ilustrou a primeira edição. Aquilo me marcou pra caralho e eu só queria ler obras que tivessem aquele nível de desenho – motivo pelo qual demorei muito para ler Sandman quando vi o traço… preconceito, claro! Pois a história é fodona.

Confira abaixo algumas das pranchas deste grande ilustrador!

Francesca Woodman – Fotografia Assombrada

São muitas as histórias trágicas de grandes talentos artísticos que se perderam vítimas da autodestruição. Hoje, vamos conhecer uma jovem fotógrafa que abreviou sua curta vida com apenas 22 anos, deixando para trás um rastro de fotos assombradas: Francesca Woodman.

A jovem começou a clicar com 13 anos e se especializou em fazer retratos (muitos deles com ela própria) de cunho misterioso, documentário e semi erótico. Ela se formou numa escola de artes na Itália e vivia rodeada de artistas e seus excessos nos estranhos e depressivos anos 70.

Francesca não deixou bilhete de suicídio, de modo que o verdadeiro motivo do seu ato permanecerá um mistério – assim como suas fotos.

Francesca-Woodman

1-heart-shaped-bricks-ii-greg-allum

cat Francesca-Woodman_1 Francesca-Woodman_2

0a

Francesca-Woodman_3 Francesca-Woodman_9 Francesca-Woodman_11 Francesca-Woodman_12

0b 0c 0d 0e 0f 0g 0h 0i 0j

Francesca-Woodman_13 Francesca-Woodman_14-600x601 Francesca-Woodman_16 Francesca-Woodman_17 Francesca-Woodman_18 Francesca-Woodman_21 Francesca-Woodman_22 Francesca-Woodman_25 Francesca-Woodman_26 Francesca-Woodman_29 Francesca-Woodman_32 Francesca-Woodman_37

0l

0m