Albert Joseph Moore – Era Antiga

Hora de conhecermos mais um classicão. Mestre Moore foi um pintor inglês notório por desenhar belas e lânguidas mulheres encenando a beleza e a decadência do mundo antigo.

Seus temas sempre giravam em torno da Grécia antiga, Roma, períodos folclóricos  e coisas do tipo, sempre com suas personagens relaxando ou apenas curtindo a vida com tranquilidade. A leveza do seu estilo cativava, assim como o alto detalhamento de suas pinturas, sobretudo no trato com os tecidos e com o cenário.

Você pode conferir a obra do cara logo abaixo!

Philippe Halsman – Capturando Movimentos

Parece que vocês curtiram as fotos da ESPN, então vamos abrir os serviços para o primeiro autor solo da nossa nova categoria aqui no blog!

Philippe Halsman entrou na sala!

00

Nascido em Latívia, mas naturalizado americano. O cara começou fazendo retratos ‘comuns’… ou seria dizendo, estilosos? Fotografou uma porrada de celebridades – Clint Eastwood, Marlin Moonroe, Wood Allen, Salvador Dalí, etc -, mas ficou conhecido pelas suas fotos surrealistas e sua série de fotografias onde ele curtia colocar a turma prá pular!

Ficou muito notório em sua época, trabalhando na NBC e fotografando as estrelas do momento, como o comediante Jerry Lewis. Confira um pouco da sua obra abaixo!

0cd2c279c728a76772789e41035361b1 95b05cee128c894b5fbbc0dddef5dbc7 888b7977e1cbea7969895c4bc6a9431e 347806 145229895_c2ca488dbf_o 21767983894_e8fa13bf9e_b bobby-clark-fc1a-diaporama c591ff174cc5aa1682d2474eeccdcabd ead48b159a192db8ec4333143e579f85 halsman_05 halsman_07 halsman_13 halsman_woddy-allen par87777 philippe_halsman_015 philippe-halsman1 philippe-halsman2 philippe-halsman5 philippe-halsman-clint-eastwood-web tumblr_m4sxigsxnm1qbwvhpo1_500

Norman Rockwell – Mestrão dos Mestrões

Vixe… na retrospectiva que tenho feito nas ultimas semanas percebi que estou em MUITA falta com mestre Rockwell. Puuuuutz!

Um dos ilustradores mais fodedolões da história que, não apenas era o pica das galáxias em termos de arte, mas um dos grandes defensores dos movimentos anti-racismo e anti segregação religiosa. E eu só postei dois míseros postinhos dele? Qual é?!

Vamos ver mais umas pranchas fodas do tiozinho nessa porra!

nr1 nr2 nr3 nr4 nr5 nr6 nr7 nr8 nr9 nr10 nr11 nr12 nr13 nr14 nr15 nr16 nr17 nr18 nr19 nr20

José Tapiro y Baro – Tinta e Realidade

E aqui estamos nós com um pintor catalão (espanhol, para os entendidos). Mestre Baro ficou famoso pela sua acuidade com a aquarela, criando artes belíssimas!

Muitos dos seus temas eram voltados para o “orientalismo” (eu nem sabia que existia algo assim!) que nada mais é do que a retratação fiel do oriente e médio oriente pelos olhos de um ocidental. Bom, a Espanha tinha muitos mouros então o país já manjava das manjaria…

… e certamente mestre Baro manja muito das aquarela! Confira aí embaixo, lek!

xcccc

5492c91984e0c

dc7ec2d3480fc0ee1905ef5dde7cfd01 feb503a48bdba8c0f16e248225c04aaa JosepTapiro-Santo-2599 6fbdc628fbfa889245c6d86eea8f5752

Retrat Femení Inv. 194

76da82df630da3c713fe55a2293b6584 84d325b4a0c9f89f3bccc9a0ab4307d5 86aa693851245931ccc36078cef907bf 135e0e57a234b8cea3bdc783172c23e1 888 a8f90040be02a743207bea1706460333

preparativo de boda Tapiro_19xx_retrat_Xerif_1792_resize Tapiro_Cardenal_Vallverdu

Shinichi Sakamoto – Arte Ataque

Existem muitos mangakas extraordinários por aí. E um que faz tempo que eu admiro (e faz tempo que eu estou me prometendo apresentar a vocês) é o mestre Sakamoto.

Ele possui uma das artes mais exuberantes do mundo dos mangas! A riqueza de detalhes e a delicadeza do seu traço nos brindam com ilustrações belíssimas! É claro que, em algumas ocasiões, ele utiliza  o auxilio de fotos para compor algumas de suas peças (sobretudo os cenários), mas mesmo assim é inegável o capricho com que ele faz suas figuras humanas, suas vestimentas e outros pequenos detalhes.

Seus mangas mais famosos são Kokou no Hito (sobre escalada) e Innocent (sobre a revolução francesa. Ambos títulos que deveriam vir logo para o Brasil!

za zb zc zd ze zf zg zh zi zj zk zl zm

Alex Ross – Pulp até a Polpa

Os meus trampos favoritos do Alex Ross são aqueles em que ele NÃO lida com super-heróis.

E o motivo é muito simples: ele tenta fazer o imaginário se tornar real. Nada contra, mas o problema é que ele o faz sem nenhum filtro: usa cores saturadas como nos gibis, segue à risca demais o character design e ainda assim tenta faze-los parecer respeitáveis. Sorry, não dá para ver as imagens e achar que tem alguma coisa errada… pelo menos a minha suspensão de descrença não consegue isto.

Em compensação eu curto muito quando ele faz coisas mais “realísticas”, como em um dos seus mais recentes trabalhos na editora Dynamite: MASKS. Uma série onde ele dá vida aos grandes heróis (repare que não tem nenhum ‘super’ atrás da palavra) dos pulps americanos: revistas baratas, muitas vezes em forma de literatura rasa. Entre eles estão o Besouro Verde, o Zorro, o Aranha e o meu favorito de todos desta leva: O Sombra! O narigudo mau-caráter que foi um dos percursores do Batman.

Sim.. o excesso de saturação ainda incomoda quem se matou nas aulas de aquarela, mas ainda assim seu trabalho é deslumbrante! Confira abaixo algumas pranchas (incluindo outras que não fazem parte da série Masks, mas tá valendo!):

000

00

0

2753373-shadowyo02_cov_ross_super 1346172742 1346172769 bionicman DreamThief1 Masks-7 Shadow10-Cov-Ross2 Shadow14-cov-Ross Shadow19covRoss Shadow21covRoss Watch-Dogs-Alex-Ross-Painting y yy zz zzz    1 2544505-shadow08_cov_ross