Kazuichi Hanawa – O Horror Retificado

Oi, quianças! Este post aqui é para fazermos uma pequena justiça!

Em 2012 publicamos um post com a arte de Suehiro Maruo com algumas das suas deliciosas artes grotescas. Mas, por falha do tradutor da onde eu busquei a fonte, as pranchas que apresentei eram metade do Maruo e metade de um artista chamado Kazuichi Hanawa!

Bão, eu corrigi o post há algum tempo atrás, mas prometi que um dia ia publicar um post só do Hanawão! E aqui estamos nós!

Um pequeno profile dele: autor de mangas do gênero ero-guro e gekiká. Conhecido por sempre mexer com o psicológico dos seus leitores, às vezes de forma sutil e outras vezes de forma impactante. Sua obra mais famosa é Na Prisão, onde ele narra sua experiência de ter sido encarcerado num presídio no Japão. Apesar da história ser bem realista e não apresentar nenhum acontecimento “chocante” nem nada, é uma leitura um tanto perturbadora…

Abaixo você confere algumas de suas pranchas, incluindo ilustrações extras daquele mesmo livro que confundi como sendo de artes só do Maruo (alias, este também merece um post só para ele em breve!).

qqqweer qqwerrtty qweqee qwwqer saru0 wwwww 050-51 2740269fce9677a1edcf4079ce567d61 bffggg

EPSON MFP image

EPSON MFP image

eqweqq erqqq

Suehiro Maruo & Kazuichi Hanawa – Belo e Grotesco

EDITADO: Hããã, pessoas, conforme um dos nossos leitores apontou, algumas destas pranchas pertencem à Kazuichi Hanawa!

As do Maruo são: a da Chapeuzinho Vermelho, das meninas com a cobra, do Hitler, da menina de vestido amarelo segurando a cruz judaica e do homem de gravata azul. Sorry a nossa falha!

…………………..

Conhecido por suas ilustras macabras, sanguinolentas, gore e todos os adjetivos possíveis para classificar filmes de terror/pornográfico B, Shuehiro Maruo tem uma quantidade pequena, mas fiel de fãs que adora as suas pirações.

Nesta sequencia especial de ilustras que irei apresentar no blog você confere as pranchas que o malucão fez baseadas em lendas perversas orientais e ocidentais, além de acontecimentos traumáticos da história e crimes policiais notórios. Nem Hitler nem Chapeuzinho Vermelho escaparam! Todas feitas como se fossem aquelas ilustrações antigas da pintura japonesa tradicional. Apreciem… sem moderação. Pois o que não tem na obra deste japa é moderação!